Benfica

A equipa vimaranense deslocou-se ao estádio da Luz para defrontar um Benfica com algumas alterações no onze habitual. Nolito e Pablo Aimar começaram o jogo no banco para dar a lugar a Saviola e Bruno César, respectivamente.

O grande destaque da partida, foram os três penaltis assinalados a favor do Benfica, que causaram alguma polémica. Dois dos quais, foram concretizados por Oscar Cardozo, aos 34 e 45 minutos, fechando o marcador da equipa encarnada.

Na segunda parte, o Guimarães melhorou o seu jogo e acabou por reduzir a desvantagem, por intermédio do brasileiro Edgar Silva. Nota ainda para o regresso de Nuno Assis ao estádio da Luz, que entrou em campo aos 57 minutos.

No final da partida, Jorge Jesus caracterizou a arbitragem de Duarte Gomes como «positiva», ao contrário de Rui Vitória que considerou que dois penaltis não deveriam ter existido.

Com esta vitória, o Benfica mantém-se em segundo lugar do campeonato, a dois do líder FC Porto.